Print Page   |   Sign In   |   Register

 

  For English, click here. 

Local: Rua Itapeva, 432 - Bela Vista - São Paulo

Inscreva-se aqui

 AGENDA

PALESTRANTES

Impacto 2018 será um dia de discussões e networking sobre o investimento de impacto no Brasil e no mundo.  Realizado pela ABVCAP, ANDE e BID-FOMIN, irá unir investidores e outros atores - internacionais e brasileiros - para discutir as questões mais pertinentes deste setor emergente.

Temas para discussão

  •  Tendências globais e nacionais em investimento de impacto
  • Dificuldades encontradas e soluções desenvolvidas pelos investidores
  • Mensuração de impacto no investimento de impacto
  • Oportunidades para o investimento no Brasil

Perfil do participante

O evento destina-se sobretudo a:

  • Gestores de fundos de private equity, seed e venture capital 
  • Investidores institucionais e Family offices
  •  Corporate ventures
  •  Agências de fomento e desenvolvimento e entidades governamentais
  • Entidades multilaterais de investimento
  • Aceleradoras, investidores anjos e pesquisadores

Investimento de Impacto

Nas últimas décadas o Brasil teve muitas conquistas, a principal foi tirar um número considerável de brasileiros da pobreza. Apesar dos avanços, o país ainda conta com milhões de pessoas sem acesso a educação e saúde de qualidade, que moram em casas inseguras e insalubres, ou que não possuem conta bancária. Ao mesmo tempo, vemos a degradação contínua do meio ambiente, seja por meio do desmatamento ou da poluição.

Como resposta a esse cenário, há cada vez mais investidores buscando oportunidades de obter impactos socioambientais positivos através de seus investimentos, sem abrir mão do potencial de retorno financeiro. O “investimento de impacto” no Brasil segue uma tendência global – estima-se que existem mais de US$110 bilhões de ativos sob gestão mirando essas oportunidades ao redor do mundo. Em 2014 e 2015, os fundos alocaram um total de US$ 1,3 bilhões em investimentos de impacto na América Latina, segundo pesquisa da ANDE e ABVCAP, e o Brasil foi o segundo maior mercado da região.

  

   Inscreva-se aqui